Bianca Di Paula

Publicado: março, 2016

Esse é o meu testemunho: Eu e minha irmã crescemos vendo meu pai e minha usando maconha e crack, então pra mim isso era totalmente normal, meu pai já bebia bebida alcoólica e ao passar dos anos se tornou um alcoólatra, quando eu tinha 12 anos comecei a beber e fumar cigarro, a partir daí só fui me afundando mais e mais, minha mãe engravidou de um menino e quanto ele tinha 8 meses de vida ele morreu de meningite, a partir daí meus pais se afundaram ainda mais no crack e alguns meses depois eles se separaram e desmancharam um casamento de 21 anos. Depois de alguns meses comecei a fumar cigarro e maconha foi quando conheci o pai da minha primeira filha e com apenas 12 anos já era viciada no cigarro, e na maconha e usa diariamente com o pai da minha filha mais velha, a gente bebia bastante também e então se envolvemos com o tráfico de drogas e começamos ir para as baladas e nos viciamos também na cocaína, aí a minha mãe também começou a usar cocaína a gente cheirava cocaína juntas bebia juntas fumava maconha juntas, eu só não usava crack mais o resto eu usa tudo e assim eu fui até os 15 anos quando engravidei da minha filha Eduarda, na gestação e parei de usar porque tinha muito enjoo e passava mal, após o parto dela voltei a usar droga em mais quantidades eu e meu companheiro começamos a vender coisas dentro de casa para sustentar o vício da cocaína até que um dia ele saiu e voltou embriagado e agrediu a mim e a minha mãe, foi quando nos separamos.
Daí em diante eu parei de usa cocaína pois vi que estava em um estado deplorável, minha mãe também parou de usar cocaína. Aos 18 anos me envolvi com outro homem, ele tinha acabado de sair da cadeia, e depois de um mês fomos morar juntos, pelo fato dele ser traficante eu comecei a ajudar ele a gerenciar a boca de fumo, foi quando engravidei pela segunda vez, mais não consegui parar de consumir a droga na minha gravidez, passei a gravidez inteira usando maconha.
A partir desse momento aceitei o convite da minha irmã pra ir na igreja Batista Shalon igreja da qual ela já era membro e era batizada lá, fui algumas vezes na minha gravidez mais não consegui parar de usar a droga, dois meses após o nascimento da minha segunda filha ela foi internada no Hospital Pequeno Príncipe por estar com bronquiolite ficou 17 dias na UTI e foi desenganada pelos médicos, foi aí onde eu me apeguei com Deus e minha mãe também, nós oramos muito a Deus que curasse a minha filha foi então que minha filha voltou a reagir, os médicos ficaram surpresos e disseram que o nosso Deus era realmente poderoso, a partir daí minha mãe parou de usar o crack pois ela estava com 36 quilos e a gente não tinha mais nada dentro de casa pois ela já tinha vendido tudo de dentro de casa …
Quando a minha filha saiu do hospital eu e minha mãe decidimos para de fumar cigarro graças a Deus nós conseguimos, mas não conseguimos para de fumar a maconha, aí a gente começou a ir todo domingo pra igreja Batista Shalon e começamos a conhecer a palavra do Senhor e ter entendimento do que o Senhor queria fazer em nossas vidas, foi bem nessa época que o pai da minha bebê foi assassinado e ele tinha só três meses quando ele morreu e logo depois o pai da minha primeira filha foi preso, com tudo isso acontecendo percebi que não tinha outro caminho a não ser entrar a minha vida a Jesus, foi aí que eu e minha mãe aceitamos a Jesus Cristo como nosso Único e Suficiente Salvador e a partir daí paramos juntas de usar maconha. Desse dia já se passaram dois anos pela glória e honra de Deus que estamos totalmente limpas de qualquer química ou droga possível, de lá pra cá Deus tem curado nossa família, eu me batizei no final de maio desse ano, minha mãe não se batizou ainda, mais creio que tudo tem seu tempo … Meu pai aceitou a Jesus e já faz 11 semanas que ele esta livre do álcool e da droga graças a Deus !
Hoje sou mãe de duas meninas lindas que estão crescendo no caminho e na casa de Cristo, tenho uma mãe guerreira e trabalhadora que batalha todos os dias pela sua família, tenho um pai maravilhoso que me ajuda a criar minhas filhas, uma irmã abençoada por Deus que nunca desistiu de mim nem da minha mãe e do meu pai que sempre orou e jejuou por nós, e Eu que sou uma mulher com o coração temente a Deus e muito grata pelo milagre que o Senhor fez em nossas vidas, uma mulher que está tendo seus sonhos restaurados, e vontade de Servir a Deus em Verdade e Espírito !!!
Que Deus abençoe a todos vocês e se você passa por qualquer tipo de dificuldade creia no Deus do impossível pois o Senhor tem um propósito para a sua vida e clame todos os dias pela presença do Espírito Santo, que todos nós tenhamos o coração quebrantado diante do Senhor para que tenhamos avivamento todos os dias, e alegria em adorar e exaltar o Pai Todo Poderoso
Fiquem na Paz do Senhor


Comentários no Facebook

Fale Conosco

(41) 3332-1075 . (41) 99999-1075

Onde Estamos

Av .Presidente Kennedy
Portão - Curitiba - PR